Salve!

Como publiquei anteriormente, em longa explanação sobre o retrato [misterioso] do Marechal José de Abreu, Barão do Serro Largo, vim a colorizar em retrato em bico-de-pena de 1937, ilustrado por João Faria Viana e publicado no Nobiliário Sul-Riograndense, de Mário Teixeira de Carvalho.

 

O retrato a óleo, parte do acervo do Museu Júlio de Castilhos, em Porto Alegre. Faltam pixels, mas não cores.

 

O retrato em bico de pena de João Faria Viana, 1937. Faltam cores, mas não pixels.

 

Não havia porque não dar ao segundo retrato as cores do primeiro. Foi o que fiz:

 

A fusão dos dois retratos acima – que saiu melhor que a encomenda – é um humilde oferecimento desta, que vos escreve.

 

Assim, sem mais delongas, me despeço

 

helga

~Helga.

Em destaque, versões: original, a óleo, ca. 1825 (?); em bico-de-pena, 1937; e photoshop, 2017.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.